APANM realiza feira de adoção de animais em Nova Mutum

Associação de Proteção dos Animais de Nova Mutum (APANM) está realizando neste sábado (12), no estacionamento do supermercado Delmoro, uma feira de adoção de animais.

A feira teve inicio as 08h00 e vai até as 19h00, para adotar um animal é necessário ter em mãos os documentos pessoais e assinar um termo de adoção, após preencher o termo, uma equipe da APANM vai até a residência do responsável para verificar se no local oferece condições adequadas para receber o animal.

Estando tudo certo, a APANM fará um acompanhamento do animal para verificar se o mesmo estará sendo bem cuidado, cerca de 20 animais entre cães e gatos foram disponibilizados para adoção, muitos outros aguardam um lar no consultório da Dra. Vera, todos já possuem a carteirinha de vacinação em dia.

A Associação está recebendo doações de ração no local, a APANM alerta  a população, que se alguém presenciar mal tratos a algum animais, pode estar entrando em contato com as autoridades policiais ou denunciar para a própria associação pelo Cel. e Whatsapp: 65 9 9619-3839, as denúncias serão mantidas em sigilo.

Conheça alguns animais que estão aguardando um novo lar:

CABEÇÃO

Cabeção foi trazido pelos Bombeiros após ter sido agredido. Ele recebeu uma paulada na cabeça que causou o afundamento do crânio. Cabeção passou por tratamento intensivo e se recuperou sem lesões, ele é muito carinhoso e carente, ele está a procura de um lar.

YURI

Foi abandonado no portão com dois irmãozinhos, seus olhinhos ainda estavam fechados, ele aguarda um novo lar.

QUELINHA

Atropelada e abandonada no portão, com o rostinho gravemente cortado e com cinomose, foi tratada, se recuperou bem, mas ficou com uma sequelinha, esse é o motivo de seu nome ser Quelinha.

NICOLE

Abandonada no portão vitima de atropelamento, era cega de um olho e ficou manquinha de uma pata, está à procura de um lar.

MAGGY

Abandonada atropelada no portão, com fratura na bacia e exposição dos ossos do pezinho, foi abandonada á própria sorte, demorou muito a voltar a caminhar e ficou com a musculatura atrofiada, por isso é tão magrinha, muito arteira e querida.

COTTON

A historia do Cotton é muito triste, sua própria dona o trouxe alegando que tinha achado ele na rua com uma fratura exposta, o ferimento não foi corretamente tratada e estava cheio de bichos.

A mulher que levou o Cotton até a clinica disse que quando ele estivesse bom queria adota-lo, percebemos o golpe, infelizmente devido a não ter tratado corretamente o ferimento, o impediu que a patinha melhorasse por completo e ele ficou manco.

É muito amoroso, mas se o prendermos late o tempo todo.

NORVEGIO

Foi atropelado na Prohab, ficou por horas aguardando socorro sem que ninguém o resgatasse.

Tinha fratura completa no quadril e nas duas patas traseiras, foram meses sem caminhar, hoje caminha bem, mas seu andar é alterado.

É um bom companheiro, muito atento e brincalhão, adora correr, cuidado com o portão.

Esses são os gatinhos que aguardam um novo lar:

Fonte:DaRedação/Fotos:DjefersonKronbauer